Segurança patrimonial reforçada com alarme de combate a incêndio

Segurança patrimonial reforçada com alarme de combate a incêndio

Os equipamentos de segurança estão ganhando cada vez mais espaço no mundo tecnológico, reforçando a proteção de empreendimentos imobiliários dos mais variados tamanhos e finalidades.

Desde prédios de apartamentos residenciais até edifícios com salas comerciais e empresariais, os equipamentos eletrônicos invadiram os espaços imobiliários de tal forma que é impossível evitar uma câmera de segurança ou um portão eletrônico.

Prevenção a acidentes exige projeto exclusivo

Mesmo seguindo uma padronização em determinados aspectos da construção civil, cada empreendimento imobiliário conta com peculiaridades que tornam as obras únicas.

A localização onde um condomínio residencial está instalado diz muito sobre os esquemas de segurança que devem ser colocados em prática.

Empresas especializadas desenvolvem projetos exclusivos para cada estrutura, desde a portaria, passando por áreas de uso comum até chegar nas casas ou apartamentos.

Dentro de um esquema de segurança patrimonial avançado e interativo, em que os equipamentos podem ser programados e operados de forma remota, a instalação de uma central de alarme de incendio ajuda no acompanhamento constante de pontos específicos de um condomínio.

O fogo pode ser controlado quando os equipamentos de prevenção estão instalados em locais apropriados, seguindo uma lista básica apontada por profissionais do setor, entre eles:

  • Mangueira de combate a incêndio;
  • Diversos tipos de extintores;
  • Sprinklers nos corredores internos;
  • Saída de emergência sinalizada;

A brigada de incêndio civil pode ser formada em casos específicos. Quando se trata de um condomínio residencial, moradores e síndicos podem participar de cursos de primeiros socorros e situações de pânico.

Como os focos de incêndio podem ser iniciados por diversas possibilidades, como curto-circuito, vazamento de gás encanado ou botijão com defeito, a presença de um alarme de incêndio em um condomínio faz parte do projeto desde o início.

Vale ressaltar que o custo para a instalação desses equipamentos é diluído entre os condôminos, o que diminui o valor.

Além disso, o prejuízo causado por um incêndio é muito maior quando se trata de um aglomerado de moradores, onde o risco de ocorrer um erro e ter início, mesmo que pequeno, um pequeno foco de labareda pode se transformar em uma catástrofe.

Sistema elétrico reforça segurança automatizada

A prevenção contra incêndio é uma forma de garantir a segurança patrimonial e de todos os moradores e demais usuários que estão presentes dentro de um condomínio residencial, empresarial ou comercial.

Os sistemas podem ser complementados com sensores de fumaça dentro das cozinhas domésticas, quando no caso de residências, e dentro dos estabelecimentos comerciais, qualquer que seja o campo de atuação.

A instalação elétrica pode ser sobrecarregada e surgir curtos-circuitos que ficam invisíveis, por causa de toda a estrutura estabelecida, tendo em vista que o mais comum são fios e cabos dentro das paredes e sobre os forros.

As saídas de emergência que contam com fechadura eletroímã podem ter a abertura acionada de forma automatizada, com o acionamento sendo controlado por meio de mecanismos seguros.

Como funcionamento para o dia a dia, essa é uma forma de garantir segurança aos usuários, podendo ser aberto por meio de controles internos.

Reforma para valorização no mercado imobiliário

Outro custo que é compartilhado entre os moradores de um condomínio residencial é a pintura de fachadas. Esse tipo de serviço tem como objetivo a manutenção da estrutura predial, além de empregar beleza e identificação visual no imóvel.

A frente de condomínio pode ser construída de diversas formas, dependendo da localização e do modelo de estrutura. Muitos contam com uma portaria e casas em um vasto terreno compartilhado. Outros são prédios de diversos andares, com apartamentos que variam de tamanho de torre para torre.

Sendo assim, as pinturas externas podem ser realizadas de forma individual, quando são as casas que precisam de uma reforma ou de maneira coletiva, para que todos convivam em harmonia em um espaço bonito.

Tendo um imóvel com um aspecto visual bonito e aconchegante, além dos sistemas de combate a incêndio devidamente instalados, a valorização no mercado imobiliário é acrescida e pode ser alugado ou vendido por um preço justo e em muitos casos, com margem de lucro muito positiva.

Ainda assim, o maior benefício quando se trata de um imóvel protegido está relacionado à preservação das vidas humanas. Um sistema apropriado para o tamanho dos ambientes, em locais corretos, são providenciais para evitar que os focos de incêndio se espalhem.

Por fim, é preciso levar em consideração que as centrais de alarme podem acionar o corpo de bombeiros de maneira imediata, prevenindo qualquer tragédia envolvendo pessoas e diminuindo a perda de bens materiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *