Dispositivos e aparelhos para moradias e negócios

Dispositivos e aparelhos para moradias e negócios

Pese a todas as dificuldades do ambiente de negócios do país, o sonho de boa parte dos brasileiros ainda é empreender.

Seja devido à independência, ao maior retorno financeiro ou ao prestígio social, muitas pessoas têm isso como meta de vida.

Entretanto, antes de abrir uma empresa, é preciso ter em mente que esse processo deve ser meticulosamente planejado.

Isso, por sua vez, não se aplica apenas a fatores como estratégia de negócios e posicionamento de mercado:

É fundamental que todo e qualquer estabelecimento funcione em um ponto que condiz com a sua proposta, proporcionando uma imagem profissional perante públicos estratégicos, como funcionários, clientes e até mesmo fornecedores.

Quer saber mais sobre isso? Então continue lendo e confira alguns itens fundamentais para que a infraestrutura do seu negócio seja impecável:

Climatização do ambiente

Boa parte do Brasil está localizado em uma região de clima tropical. Na prática, isso significa que uma fatia considerável do país tem sol e altas temperaturas o ano inteiro.

m compensação, há regiões mais ao sul que podem enfrentar invernos mais rigorosos. Independentemente disso, é fundamental que todo e qualquer estabelecimento invista em equipamentos que deixem o seu interior mais confortável, como o climatizador de ar.

Como o próprio nome diz, ele ajuda a manter a temperatura agradável por meio do uso da água para equilibrá-la, o que ajuda, também, nos níveis de umidade.

Entretanto, é preciso ter em mente que não basta simplesmente instalá-los: é preciso tomar medidas no sentido de que sua instalação e manutenção sejam adequadas, e façam com que o equipamento funcione corretamente. Veremos isso detalhadamente a seguir.

Manutenção dos equipamentos

Além do climatizador, há outros equipamentos que o seu estabelecimento pode usar para manter a temperatura em seu interior em um nível adequado.

No caso de indústrias e de outros espaços de grande porte, por exemplo, costuma-se usar o sistema de ar condicionado vrf: trata-se de uma solução de ar condicionado central.

Como a sua estrutura é mais complexa, há margem para que seja feito um projeto de automação envolvendo o seu funcionamento.

Por mais eficiente que ele seja, é preciso ter em mente que, devido à forma como ele funciona, esse aparato pode transmitir uma série de doenças, tais como:

  • Asma;

  • Rinite alérgica;

  • Amidalite;

  • Ressecamento do muco pulmonar.

Felizmente, esses males são perfeitamente evitáveis: basta investir na higienização de ar condicionado split, VSF ou qualquer que seja o dispositivo em questão.

Desse modo, é possível remover as impurezas que se acumulam em seu interior durante o funcionamento, de modo que as chances de doenças caem consideravelmente.

Porém, é preciso ter em mente que esse é só um exemplo: todos os equipamentos usados pelo estabelecimento devem passar por processos de manutenção periódicos, de modo a evitar problemas.

Assim, as chances da ocorrência de contratempos que afetem a rotina de trabalho caem consideravelmente.

SPDA

Por mais raro que esse fenômeno seja, todo e qualquer edifício está suscetível a sofrer uma descarga atmosférica – ou, em termos mais simples, um raio. Quanto mais pavimentos a edificação tiver, maiores as chances de que isso aconteça.

Para evitar tais ocorrências, a legislação exige que determinados edifícios contem com um sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA).

Usando princípios da física, com a Gaiola de Faraday, ele faz com que, caso um raio caia no imóvel, os seus efeitos não sejam sentidos nem pelas pessoas nem pelas máquinas elétricas que estiverem em seu interior.

Trata-se, assim, de algo que deve estar presente em sua empresa: esse objeto mantém clientes e funcionários seguros, e evita a ocorrência de sobrecargas elétricas em suas máquinas.

Dispositivos de segurança

A péssima situação da segurança pública no Brasil não é novidade para ninguém. Entretanto, há um aspecto disso que nem sempre é considerado: a maior vulnerabilidade dos estabelecimentos comerciais em comparação com residências.

Isso pois eles não apenas costumam ter uma maior quantidade de dinheiro vivo em seu interior, como, também, normalmente há equipamentos valiosos e que podem ser vendidos por um alto valor no mercado negro.

A boa notícia é que é possível reduzir as chances de incidentes no seu negócio: basta contar com um dispositivo de proteção contra surtos, como câmeras de segurança, alarmes e sensores de presença.

Como o local será mais difícil de roubar, os criminosos tenderão a procurar outros alvos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *