Piso de madeira e seus cuidados

Piso de madeira e seus cuidados

A colocação de piso de madeira é um dos serviços mais procurados por proprietários de imóveis, seja para um espaço residencial ou corporativo.

O motivo por trás disso é que, além da estética e da versatilidade, esse material tem muitas outras vantagens. Consequentemente, ele é cada vez mais procurado tanto por profissionais da área, como arquitetos e decoradores, quanto por leigos, que querem fazer com que o ambiente de casa ou do trabalho seja o mais confortável e prático possível.

Pensando em instalar um piso de madeira em sua casa, mas ainda não conhece este material? Então continue lendo este artigo e aprenda mais a respeito dele, suas vantagens e os cuidados necessários para a sua conservação.

O que é um piso de madeira?

Existem vários modelos de piso de madeira no mercado e um dos mais procurados é o laminado de madeira, que, como o nome diz, consiste em finas lâminas de madeira que recebem um tratamento industrial. O resultado são tábuas leves e versáteis, que têm um bom desempenho em, praticamente, qualquer espaço.

Da mesma forma, pode-se optar pelo piso natural, também conhecido como taco de madeira.

Ao contrário do laminado, ele não recebe tratamento industrial, mas é instalado em tábuas mais grossas e robustas. Assim, além da aparência mais nobre, ele produz menos barulho e tem uma aparência diferenciada.

Contudo, é preciso ter em mente que seu valor é mais alto do que o piso laminado com instalação.

No caso do quem não pode pagar por esse material, é possível investir no carpete de madeira. Essa opção trata-se de tábuas feitas de compensado revestidas em madeira natural.

Da mesma maneira, existe a opção de contar com um revestimento que não seja feito com ela, mas que tenha uma aparência semelhante, como os pisos vinilicos. Novamente, essa é uma opção de custo mais baixo.

Quais são as vantagens do piso de madeira?

Apesar de um piso de madeira exigir um investimento considerável, ele traz diversas vantagens aos cômodos nos quais estão instalados. Confira alguns deles a seguir:

  1. Durabilidade

Mesmo natural, a madeira é um excelente material no quesito durabilidade. Quando ele é higienizado periodicamente e conta com alguma substância protetora sobre ele, como o Sinteco, ele pode permanecer instalado, bonito e funcional, por décadas.

Entretanto, para que isso se concretize, é preciso tomar alguns cuidados.

O primeiro deles é adquirir o revestimento junto a um fornecedor de confiança, que trabalhe com materiais de qualidade e que sejam tratados corretamente. Do contrário, sua durabilidade ficará comprometida.

Da mesma forma, é preciso tomar alguns cuidados em relação aos fatores que podem danificar a madeira; afinal, apesar de ser resistente, ela não é indestrutível. Alguns desses cuidados são:

  • Contato com líquidos em geral;

  • Umidade;

  • Impactos fortes;

  • Incidência direta da luz do sol.

  1. Possibilidade de ser reformado

Por mais que o proprietário tome todos os cuidados necessários, qualquer piso de madeira eventualmente sofra danos. A boa notícia é que, quando isso acontecer, ele não terá que ser substituído, basta que ele seja devidamente reformado.

O procedimento mais popular para fazer isso é a aplicação de Sinteco.

O material é uma espécie de resina, que tem o poder de mascarar as imperfeições e fazer com que o piso fique brilhante e com aparência de novo.

Contudo, é preciso que o piso seja previamente lixado, de modo que todas as substâncias aplicadas sejam removidas.

  1. Bom desempenho termoacústico

Apesar de a beleza de um cômodo ser importante, há outros aspectos que têm que ser levados em consideração no ato da elaboração do projeto decorativo.

Um deles é o conforto termoacústico, ou seja, que a temperatura e a quantidade de ruídos que entram e saem não comprometam o bem estar de quem o frequenta. Versátil, a madeira, contribui com ambos.

Quais são os cuidados necessários com este piso?

Assim como qualquer outro piso, a madeira tem que ser higienizada periodicamente.

No caso da versão natural, nenhuma quantidade de água é bem-vinda e para realizar a limpeza deve-se usar apenas pano seco e aspirador de pó. Já no laminado, pode-se usar um pano bem torcido.

Também é preciso protegê-la da incidência direta da luz do sol e de impactos fortes, como os causados pelo arrastamento de móveis. Isso porque ambos podem degradar a superfície e reduzir sua vida útil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *