Elementos de segurança para proteção de moradores e estrutura

Elementos de segurança para proteção de moradores e estrutura

As moradias passam por transformações constantes, conforme o emprego de equipamentos eletrônicos no dia a dia dos moradores, com enfoque prioritário na segurança e no conforto.

Além disso, a possibilidade de comunicação com pessoas a longa distância, a partir de aplicativos para celulares, é uma realidade que muitas pessoas já utilizam. Nesse sentido, também é possível ampliar o alcance e a tecnologia para a proteção residencial.

Mais ainda, ainda encontramos proteção simples e eficiente em espaços abertos e fechados, que são muito úteis e devem estar presentes em janelas, sacadas, como a rede de proteção varanda. Sendo possível conciliar ambos os formatos para ampliar a proteção.

Com fabricação de poliamida, a partir da junção do poliéster com fios de seda, e polietileno, a estruturação da rede é recomendada por órgãos regulamentadores, como a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Com um aspecto mais próximo ao plástico, esse tipo de produto tem como características principais a resistência contra ações do tempo e menor desgaste. Seu emprego em sacadas, varandas e janelas é justificado por diferentes benefícios, entre eles:

  • Maior resistência a impactos;
  • Facilidade de instalação;
  • Estabilidade química e ´térmica;
  • Flexibilidade quanto a área de cobertura.

Como o material utilizado em sua fabricação pode ser utilizado em outros tipos de produtos, sua composição é sustentável, já que pode ser encaminhado para indústrias de reciclagem, por meio de processos de transformação a partir do aquecimento.

As redes de proteção são utilizadas em áreas externas, mas também é possível perceber sua presença em ambientes relacionados ao lazer, como brinquedos infantis e piscinas. Mas este não é o único equipamento que está presente em residências, tanto na área externa quanto na área interna.

Elemento de segurança também proporciona beleza

As construtoras e incorporadoras de condomínios residenciais costumam oferecer a seus moradores um espaço externo, quando possível, dentro do apartamento. Trata-se da varandas e sacadas, que são complementares e podem ser ocupados de diferentes formas.

Para diferenciar de outras residências, em conformidade com as regras impostas pelo condomínio e a construtora, muitos proprietários aplicam diferentes elementos para melhor aproveitamento do espaço, no qual dois se destacam no mercado.

O primeiro é o guarda corpo de vidro, que substitui barras de ferro muito comuns, eles possibilitam a visão do ambiente e cobertura de meio corpo, podendo ser usados em conjunto.

Com uma área de cobertura maior, esse elemento proporciona transparência e, ao mesmo tempo, um acabamento mais sofisticado à estrutura predial.

Em apartamentos mais altos, onde a visualização aérea é mais abrangente, os moradores optam por criar um espaço de recreação, com instalação de uma varanda gourmet, utilizando como elemento de composição o guarda corpo panoramico, que permite um espaço aberto visualmente, ao mesmo tempo que garante a segurança dos moradores e visitantes por completo.

A implementação deste tipo de construção valoriza os imóveis, mas é importante frisar a importância em estar de acordo com as regras de condomínio para não prejudicar a circulação de ar ou iluminação natural dos ambientes internos, assim como os órgãos públicos.

Apoios residenciais internos obrigatórios

No interior das residências, alguns elementos são essenciais para a segurança dos moradores. O corrimão para escada é um exemplo comum, mas muito necessário. Independente da faixa etária dos moradores, esse tipo de instalação serve como apoio para subir e acessar cômodos que ficam em andares superiores.

Para residências que contam com moradores idosos, há alguns cuidados que devem ser levados em consideração, principalmente em momentos que a pessoa precisa de privacidade, como na hora do banho.

Por isso, a instalação de um corrimão de inox para banheiro é obrigatório, para garantir a firmeza em momentos que não há a possibilidade de utilizar ferramentas comuns, como uma bengala.

Esse tipo de material suporta uma carga muito grande, quando bem instalada, além de não sofrer danos por causa da umidade.

Tecnologia e praticidade na segurança domiciliar

Equipamentos tecnológicos já fazem parte do cotidiano de moradores de condomínios residenciais e edifícios empresariais.

O acesso a áreas comuns, como a recepção, pode ser feito por meio de uma porta de vidro com sensor, que abre e fecha automaticamente conforme a aproximação do usuário.

Dos mais simples aos mais complexos, todos os elementos de segurança devem fazer parte de um projeto residencial, comercial ou industrial.

A implementação de tecnologia em ambientes civis, como domicílios e escritórios, ainda está restrita à segurança e praticidade, como câmeras de vigilância e automação de iluminação externa.

Os profissionais da área já projetam a inclusão da tecnologia em outros ambientes e situações, favorecendo uma vida mais confortável dentro e fora do ambiente de trabalho ou da própria residência.

Assim, é preciso acompanhar os próximos passos e garantir a segurança de todos da melhor maneira possível, com as ferramentas e elementos disponíveis, que são variadas e já ajudam no dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *