Elementos estruturais e segurança nos projetos

Elementos estruturais e segurança nos projetos

A fundação de uma estrutura predial é fundamental para a segurança dos usuários, independentemente de qual a finalidade do imóvel. Temos casas, sobrados, apartamentos, prédios, edifícios, galpões industriais e comerciais que estão presentes nos centros urbanos, com diversas ocupações.

Alguns elementos estruturais estão presentes desde a fundação, como sapatas e alicerces, que são dimensionados de acordo com o tamanho do projeto, resistindo a todo o peso que virá a seguir em uma construção.

Localizadas diretamente no solo, a sustentação permite uma distribuição de carga abrangente, com toda a resistência espalhada por pontos estratégicos, de acordo com a disposição de vigas, colunas e pilares.

São os processos posteriores que precisam ser calculados de acordo com a utilidade final e a possibilidade de uso sobreposto, com pisos superiores e inferiores, de acordo com os estudos e pesquisas de solo.

Estrutura horizontal plana se ajusta a obra

Os projetos de engenharia e arquitetura são abrangentes e estudados há muito tempo, mesmo que não seja com esse mesmo nome. Afinal, as pirâmides – por exemplo – fazem parte da história da humanidade e as tecnologias atuais não estavam disponíveis.

Ainda assim, é possível encontrar técnicas da antiguidade que são empregadas até hoje, como a laje nervurada vão, uma estrutura leve e que tem a capacidade de suportar cargas elevadas, mesmo com a utilização de menos material, gerando economia nos custos da obra.

Nesse modelo de construção o concreto não possui função estrutural, proporcionando mais leveza ao projeto, reduzindo também a necessidade de ferro.

Outros benefícios que podem ser destacados são:

  • Agilidade na execução da obra;
  • Amplitude maior entre vãos;
  • Redução da fundação;
  • Referência sustentável.

Como as nervuras são interligadas por uma capa de concreto pré fabricado, os operários podem trabalhar com maior eficiência, diminuindo o prazo de entrega de uma obra.

Isso se refere a possibilidade de aplicação de pilares afastados e com capacidade de carga elevada, sem apresentar qualquer tipo de deformação.

Serviços específicos demandam empresas especiais

A presença de empresas terceirizadas no canteiro de obras é comum e traz diversos benefícios, tanto para quem contrata quanto para quem é contratado.

Por isso, é comum as parcerias conjuntas entre construtoras e incorporadoras, além de profissionais especializados em atuações específicas.

A segurança dos trabalhadores e do patrimônio é imprescindível, logo, sistemas são aplicados em determinados espaços, como a ancoragem predial para o transporte de máquinas, equipamentos e materiais da construção civil.

São utilizados cabos de aço, cordas para amarração, fixação de andaimes, atuando de maneira pontual na segurança dos profissionais que trabalham em um ambiente com diferentes riscos de acidente, por diversos fatores.

Dependendo da estrutura e dos materiais utilizados, veículos especiais são colocados à disposição das equipes de trabalho, com profissionais capacitados para a condução das tarefas, proporcionando segurança e eficiência.

Esse é o caso da locação de munck para elementos de concreto empregados em lajes, servindo de suporte para telhados ou mesmo para os pisos superiores.

O içamento dos materiais de construção é comum em diversos cenários em que a arquitetura e a engenharia estão envolvidas.

Apesar de equipamentos atuais, esses mesmos serviços também eram realizados há milhares de anos, novamente, no caso das pirâmides presentes em diferentes pontos geográficos do mundo.

Instalações elétricas recebem proteção específica

A proteção de uma estrutura imobiliária também está relacionada com as instalações hidráulicas e elétricas presentes nos ambientes.

Para evitar que equipamentos e máquinas ligadas à eletricidade sofram qualquer tipo de sobrecarga, engenheiros elétricos e eletricistas desenvolvem projetos específicos com a indicação de emprego de um protetor de surto eletrico.

Esse dispositivo tem um suporte eficiente contra raios que atingem a rede elétrica das concessionárias, que chegam aos quadros de energia dos empreendimentos imobiliários.

A inicialização de motores elétricos de grande porte e anomalias nas instalações de energia podem causar surtos elétricos, queimando equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos.

Para evitar esse tipo de problema, a presença de um disjuntor DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos) é fundamental, pois ele barra a anomalia para um sistema de aterramento.

Tecnicamente, o dispositivo atua com o ponto de aterramento de um lado e a fase do outro, promovendo mais segurança em toda a instalação.

Como é causado um curto-circuito, os disjuntores tem como finalidade a desconexão, sendo desarmado e impedindo a fuga para o sistema elétrico geral.

O setor da construção civil está repleto de soluções eficientes e diferenciadas, com processos que garantem a segurança patrimonial, os funcionários que trabalham durante a execução dos projetos e para os usuários, independentemente da finalidade do empreendimento imobiliário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *