Reformas e outros elementos nas construções

Reformas e outros elementos nas construções

As reformas e construções são muito importantes para cidades, países afinal é este setor o responsável pela construção de casas, prédios, pontes e quase a grande maioria das estruturas que são usados pelas pessoas.

No entanto, ao observamos de perto este setor, vemos que um dos serviços mais procurados são o de reforma, principalmente, por fazer parte de variados processos como o de restauração de locais abandonados, revitalização de solos (com o uso de compactador de solo weber) e também conserto de problemas estruturais.

Esse serviço é composto por muitas etapas e é preciso atentar-se para algumas dicas para que a reforma seja feita com muito sucesso, economia e pouco atraso.

Neste artigo abordaremos sobre alguns pontos que são importantes para uma organização eficiente da obra e também serviços que complementam as etapas como o levantamento planialtimétrico.

Dicas para organizar uma reforma

As reformas são muito mais delicadas que as construções, principalmente, porque a estrutura já está posta, dessa maneira, é fundamental que se observe o que será feito, para que a estrutura não seja danificada.

Algumas reformas visam melhorar as estruturas que foram danificadas, dessa maneira, são reformas mais longas e que demandam material e profissionais qualificados.

Elementos como a limpeza com hidrojateamento são usados para que tudo seja feita com qualidade e eficiência.

Abaixo falaremos sobre algumas dicas que são importantes para que uma reforma seja feita de forma mais eficiente e com muito menos imprevistos.

1. Faça um bom planejamento

Para qualquer construção é necessário um bom planejamento, e isso é muito importante para o bom desenvolvimento da reforma.

Essa ferramenta leva em consideração muitos pontos como:

  • Tempo;
  • Orçamento;
  • Materiais;
  • Mão de obra.

Esses pontos permitem que a obra tenha menos imprevistos, principalmente quais são os elementos que serão usados, como o hidrojateamento para pintura, uso de revestimentos, entre outros elementos.

Mantenha o orçamento, o tempo e outros aspectos em uma planilha e use como uma ferramenta de controle na construção, isso permitirá que os imprevistos sejam bem geridos e que a obra se mantenha sempre em prumo.

2. Faça um cronograma

Tendo tudo resolvido é necessário a elaboração de um cronograma de obra. No cronograma de obras são colocadas as datas para cada etapa do projeto, levando em consideração alguns imprevistos que podem ocorrer.

O cronograma também define as sequências de cada etapa, ou seja, a pintura das paredes devem ser feitas antes da colocação dos pisos para que o revestimento não venha sujar, entre muitos outros.

E podemos falar que a outra etapa necessária é legalizar a obra na prefeitura, na Secretaria de Obras, pois, caso contrário a obra possa ser embargada.

Abaixo falaremos sobre o levantamento planialtimétrico que assim como os compactadores de solo permitem que construções e reformas sejam feitos de forma mais adequada e muito mais planejada.

Levantamento planialtimétrico: entenda o que é

O levantamento planialtimétrico é usado em larga escala em construções que começam do 0. Consiste em um estudo para que a superfície do terreno seja conhecida.

Este procedimento permitem que o terreno seja planejado e as coordenadas x, y e z e outros pontos sejam identificadas na área. Além de definir de forma precisa e eficiente o perímetro do imóvel, também elaboram as curvas de nível do terreno.

Os planos planialtimétrico é um tipo de levantamento topográfico e dentro desse tipo de levantamento há três modelos principais que trataremos abaixo.

O primeiro deles é o levantamento altimétrico que consistem na mensuração do relevo das porções. O segundo é o levantamento planimétrico que também é conhecido como planimetria que permitem medições horizontais de um terreno, com o objetivo de delimitar o terreno e demarcar terras, para isso utilizam ferramentas como o georreferenciamento.

Por fim, o que tratamos aqui que é o levantamento planialtimétrico é uma descrição do terreno de forma documentada e em detalhes.

Por meio disso são produzidos vários elementos como Plantas e Memorias Descritivos, e são usados as ferramentas como ortofoto digital.

Portanto, entendemos que as construções e reformas são muito importantes para que as edificações sejam restauradas e sejam usadas na sua plena funcionalidade e para isso é necessário prestar atenção em muitos aspectos como a necessidade de um bom planejamento, e principalmente, o cuidado com o uso de ferramentas para demarcar o terreno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *