Materiais indispensáveis para organizar uma obra

Materiais indispensáveis para organizar uma obra

A organização de uma obra pode ser algo bem complexo de ser feito, por isso é preciso pensar de forma estratégica nos materiais e no maquinário que será utilizado.

Assim, é preciso sempre priorizar dois aspectos em uma obra: o primeiro ponto é o orçamento, que deve ser respeitado visando ter os melhores equipamentos pelo menor custo; já o segundo ponto é o prazo, em que toda a programação da obra deve ser feita previamente contando com o prazo disponível e visando a distribuição de tempo de forma adequada.

Nesse sentido, este artigo foi pensado para ajudá-lo a entender melhor sobre os principais materiais em uma obra e demais características para seu pleno funcionamento para uma entrega de projeto eficaz , seguro e dentro do prazo.

Quais principais materiais em uma obra?

Com o ramo de construção crescendo gradativamente, a cada dia são criados novos materiais e equipamentos.

Por este motivo, acompanhar o desenvolvimento de cada material necessário em uma obra pode ser um pouco difícil, veja abaixo um pouco sobre os insumos mais utilizados nas obras.

1. Areia

O uso de areia e brita em uma obra é essencial, não só para a construção da base estrutural, como também para praticamente todos os pontos da obra.

A areia é, sem dúvidas, o material prioritário dentro de um canteiro de obras, pois é utilizado em todos os setores. Durante a sua descarga no canteiro é preciso pensar que a carrada de areia precisa estar acessível para toda a obra.

Assim, é recomendado que ela fique armazenada na área central da construção, garantindo o fácil acesso e o aumento de produtividade uma vez que não existe a necessidade de se deslocar muito para buscar esse insumo.

Existem 4 tipos de areia muito utilizadas em obras, que são:

  • Areia lavada;

  • Areia fina;

  • Areia média;

  • Areia grossa.

Cada uma tendo seu foco em certa parte da obra. Para se ter uma ideia dessa diferenciação pode-se destacar a areia média, muito usada na composição de outros insumos, como concretos, argamassas, entre outros.

2. Pedra

Já o uso da pedra britada (conhecida também como brita) é um pouco menos diverso.

Pode ser até um item decorativo em alguns casos, fazendo parte de jardins e entradas. A pedra tem essa função por sua diversidade no mercado, pois existem milhares de tipos de pedras, com tamanhos, formatos, pesos e cores diferentes.

Para o foco em obras, é possível contar com diversos tipos, como o pedrisco e demais pedras que tem sua denominação numérica. A variação do modelo vai de 1 ao 5, correspondendo ao tamanho da pedra em ordem crescente (sendo a 1 a menor e a pedra 5 a maior).

Alugando equipamentos

Uma forma de ampliar o rendimento e organização em uma obra é optar b pela locação de maquinários. Isso porque é um meio que traz muitas vantagens quando comparado com a aquisição de certos maquinários ou peças.

O principal benefício é poder ter o equipamento que melhor irá responder a necessidade e demanda da obra, vamos entender um pouco sobre a locação de certos equipamentos.

1. Guindaste

O guindaste é um dos meios de transporte mais utilizados em obras, é essencial que tenha a altura, tamanho e força adequada para o trabalho que será exercido.

Existem vários modelos de guindastes no mercado, cada um feito para responder de forma adequada a certas necessidades do canteiro, como o munck.

O caminhão muck é, basicamente, um caminhão de elevação de peças, contando com um guindaste 70 toneladas na sua traseira, feita para suspender peças de forma segura enquanto o caminhão realiza o seu transporte.

Existem também os guindastes com mais ou menos peso, feitos para suportar e suspender peças de tamanhos e pesos também diferentes.

2. Container

Atualmente o uso dos containers tem se diversificado, sendo um produto efetivo para armazenagem. No entanto, ele também tem sido usado como escritório.

Assim, é possível encontrar no mercado algum tipo de container que responda adequadamente às necessidades e demanda de uma obra. entre ois modelos pode-se destacar o container escritório e o graneleiro.

O container escritório é um produto feito especialmente para reuniões e no suporte para engenheiros e os projetistas da obra que necessitam revisar certos projetos e plantas.

Uma obra geralmente é muito barulhenta, com caminhões, furadeiras e etc, e ele consegue proteger contra esses ruídos devido ao seu revestimento.

Esse tipo de container entrega o benefício de ser altamente maleável, podendo ser decorado da forma que precisar, contando com tipos de 2 até 4 andares, para obras maiores e mais complexas.

já o Container graneleiro é perfeito para carregar grãos e sementes, por possuir uma abertura lateral que permite a descarga fácil do material.

O mais recomendado para ter o modelo correto é optar pelo aluguel de container, que pode ser achado no mercado a preços acessíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *