O que é preciso considerar antes de comprar um portão?

O que é preciso considerar antes de comprar um portão?

Dentre os ambientes residenciais, a garagem é um lugar arquitetado a fim de garantir a proteção e segurança de motos, carros e bicicletas do ambiente externo, que anda cada vez mais violento. Para uma maior segurança, recomenda-se a instalação de um portão basculante na garagem.

É comum que, em outros países, como no caso da Inglaterra, Canadá e Estados Unidos, países com índices de segurança mais confiáveis, lindas residências compostas por jardins coloridos e vistosos, gramados bem aparados e cercas decorativas sem nenhum portão basculante para garagem fechada, fato bastante raro no Brasil.

Um caso mais específico que pode não haver portões altos e fechados é em residências presentes em condomínios privados, onde tenha algum regulamento próprio para que não se construam portões ou quaisquer outros tipos de fechamento dessas áreas.

Para a maioria da população, os portões se tornaram um item principal de segurança para a entrada de casa, além de compor uma identidade, se bem combinados, com o restante da fachada.

Possuem uma abrangente variedade em estilos, desde os mais simples e baratos aos mais sofisticados e elaborados, mesclando diferentes materiais e composições de texturas, sendo estes fatores importantes a serem lembrados durante uma construção ou reforma.

Características e vantagens dos portões de correr

O portão de correr, que também é conhecido como portão deslizante, consiste naquele que, como o próprio nome sugere, se movimenta lateralmente sobre um trilho a fim de promover a abertura ou fechamento do ambiente.

O portão de correr é muito utilizado em condomínios, pois possui um custo de aquisição e manutenção relativamente baixo para este tipo de utilização, além disso, o portão de correr também e utilizado em “céu aberto”.

Ou seja, em locais onde não há construção na estrutura onde o portão será instalado, como muros, por exemplo. A vantagem do portão de correr é não restringir o acesso de veículos com altura elevada.

Esse modelo costuma ser fabricado por meio de aço tubular, mas também pode ser fabricado a partir de outros materiais, conforme as especificações do cliente, tais como madeira de serralheria, aço galvanizado, ferro, entre outros.

O portão de correr pode ainda ser automatizado, para isso é importante que se contrate uma fabrica de portao de aluminio e outros materiais que seja reconhecida no meio. Inclusive, vale lembrar que é comum a confusão entre o fabricante do motor e o fabricante do portão.

Alguns dos outros materiais que podem ser utilizados para fabricação de portões são:

  • Aço;
  • PVC;
  • Ferro;
  • Alumínio;
  • Madeira.

O ferro, por exemplo, é um material não muito indicado para quem vive no litoral, ou para aqueles que residem em clima frio e úmido, já que este é vulnerável a corrosões.

O portão de correr de ferro tende a ser mais em conta, mais resistentes a impactos e permitem ainda uma variedade maior de estilos, necessitando, porém, de manutenção mais frequente para cuidar da ferrugem.

Portões automáticos

A automação da abertura e fechamento do portão é capaz de tornar a vida mais prática. Entretanto, se faz necessário checar quanto tempo esse sistema pode levar para ser executado, a fim de garantir a segurança adequada, bem como a privacidade que requer.

É importante levar  sempre em conta o material mais adequado para a escolha desse modelo de portão, pois deve ser mais leve, a fim de facilitar o fechamento e abertura.

O portão automático de ferro é produzido por meio de requadramento de metalon reforçado, sendo este tradicionalmente resistente, preservando as características do portão mesmo se passe algum tempo sem que se faça o uso dele.

Além disso, não é necessário pensar que fatores naturais como ventos, chuvas e sol possam vir a provocar algum tipo de corrosão, já que este é provido de fundo anticorrosivo.

Para que se tenha maior segurança e tranquilidade na compra, é indicado buscar por fábricas e distribuidores que ofereçam a garantia do produto.

O ferro é um material resistente por sua própria natureza. No entanto, para potencializar essa característica e fazer com que ele fique ainda mais protegido contra a corrosão, o portão automático de ferro é feito por meio de materiais galvanizados em usinas certificadas pelo ISO 9001.

A galvanização consiste no processo de revestimento do ferro com uma camada de zinco a fim de que ele não entre em contato com o oxigênio presente no ar e, consequentemente, seja resistente à corrosões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *