Tendências acompanham mudanças nas necessidades da construção

Tendências acompanham mudanças nas necessidades da construção

Após crescer por duas décadas seguidas, em seguida enfrentar uma crise econômica, e recentemente voltar a crescer, o setor da engenharia civil e da construção civil em geral tem se mostrado um dos mais sólidos do país.

Em torno dele gira uma série de segmentos e nichos, de produtos e serviços que, se não são todos indispensáveis, cada vez mais se tornam requisitados pela clientela.

Esta, por sua vez, tende a buscar opções cada vez mais customizadas e vantajosas em termos de custo-benefício.

Recentemente, aliás, o campo que divide o necessário e o desejado tem se tornado cada vez mais tênue. O progresso que a construção civil volta a verificar indica também um maior acesso ao crédito e ao poder de compra por parte das classes B, C e D.

Com isso, a construção ou mesmo reforma da casa própria tende a se popularizar e aquecer uma gama enorme de setores secundários e terciários.

Um ramo bastante impactado é o do paisagismo, da arquitetura e do design de interiores. Nesse último caso, sobretudo, reaparece a tensão entre aquilo que é necessário e aquilo que é desejado pelos clientes.

Hoje a decoração de um ambiente pode envolver móveis modulados, que saem de fábrica com medidas fixas, mas também os móveis planejados, cada vez mais acessíveis.

Com o setor de pisos e revestimentos não é diferente: muito mais do que uma necessidade, cada vez mais os clientes buscam o piso mais bonito, o mais eficiente, o que melhor harmoniza com a tendência de cada cômodo da casa, e daí por diante.

Com a parte de vidros e espelhos ocorre o mesmo: a qualidade dos vidros temperados faz com que eles sejam cada vez mais incluídos em projetos que antes seriam feitos com opções comuns e triviais.

Os espelhos decorativos, por sua vez, também indicam a mesma tendência: o refinamento no que diz respeito à decoração de casas ou espaços comerciais. Adiante, ficará claro como as edificações residenciais e as comerciais sofrem esse tipo de impacto positivo.

Varandas e sacadas gourmets: lazer e inovação

Um exemplo bastante significativo das mudanças nos costumes e desejos dos clientes se encontra no nicho da decoração de sacadas e varandas.

Há algumas décadas, não havia sequer o costume de instalar mecanismos de segurança nessa parte das edificações. Pouco depois, as famosas telas de proteção se popularizaram.

Hoje uma das pesquisas mais comuns do setor remete ao termo envidraçamento de sacadas preço e demais condições.

É interessante notar que essa solução remete a um dispositivo de segurança, mas também a um avanço no que concerne ao conceito de decoração e arquitetura. Trata-se de uma evolução notável, uma espécie de upgrade arquitetônico.

As sacadas são essencialmente associadas a momentos de lazer, pausa e descanso, pois representam a parcela da edificação que se liga de modo mais imediato ao meio exterior, não raro ao meio ambiente.

Seja a construção de tipo residencial, seja ela comercial. Em ambiente propriamente corporativo, o envidraçamento pode remeter sobretudo à ideia de segurança.

Já em casos domiciliares ele também pode remeter a uma vontade de tornar o ambiente mais aconchegante e mais confortável.

Inclusive, falando em inovações, não é raro o ambiente da varanda ou sacada atualmente ser utilizado como uma extensão da sala de estar.

Nesse caso, ele se torna um recinto misto entre as opções gourmets, voltadas para culinária e afins, e as de multimídia, voltadas para reprodução de músicas, filmes e jogos.

cozinha planejada moderna é um exemplo que se insere bem nesse nicho de mercado. Às vezes as sacadas se tornam justamente uma extensão da cozinha. Isso é o que permite ao ambiente doméstico se tornar cada vez mais aconchegante e propiciador de momentos de descanso e de lazer, entre amigos e familiares.

Um exemplo do universo corporativo

Um exemplo da mesma tendência analisada acima, predominante em ambientes corporativos, é o dos pisos para clinicasHá diversas soluções voltadas para revestimentos de vários ambientes, cujos principais são:

  • Salões de Cabeleireiro;
  • Clínicas odontológicas;
  • Clínicas cirúrgicas;
  • Clínicas veterinárias;
  • Clínicas estéticas.

Em todos esses casos, predomina a tendência referida acima: a tecnologia e a inovação se juntam a um mercado aquecido para atender um tipo de clientela cada vez mais exigente e mais consciente de que o custo-benefício deve incluir qualidade e eficiência, aconchego e inovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *