Vai construir ou reformar? Confira itens que não podem faltar nesse processo

Vai construir ou reformar? Confira itens que não podem faltar nesse processo

Fazer uma construção ou uma grande reforma em sua casa é sempre um desafio, mas também é sempre motivo de grande orgulho quando a operação é um sucesso. Para que esse sucesso ocorra de fato, é de extrema importância que os detalhes sejam levados em conta e que nada passe batido. Por exemplo, há alguns procedimentos essenciais que nem sempre são considerados nesse processo, e você confere, aqui, algumas dicas para não dar bobeira quando for colocar a mão na massa!

Já ouviu falar em jateamento abrasivo?

Quer aumentar a vida útil de algum material metálico da estrutura de sua casa? O jateamento abrasivo é o tratamento mais adequado para isso! Ele expele, com grande pressão e velocidade, fluxos contra superfícies metálicas, fazendo uma limpeza superficial completa e permitindo que a superfície possa ser pintada ou revestida, conferindo-a maior resistência à corrosão.
Há de se mencionar o benefício da superfície metálica ficar rugosa, o que confere maior possibilidade de aderência à pintura ou ao revestimento e, essa rugosidade, é consequência da grande erosão causada pela maquina de jateamento.
O processo do jateamento abrasivo exige uma técnica adequada e domínio pleno sobre os materiais, e para sua prática, portanto, é, altamente, recomendado contratar uma empresa ou profissionais especializados e competentes para fazer o serviço.

O tratamento para um concreto ideal

Ao final de sua obra, o piso precisa estar bem colocado, e para facilitar isso, o item mais recomendado é o rebolo diamantado para concreto, que é constituído por um disco formado por grãos de diamante ligados a uma banda – uma liga metálica.
Existem variações de bandas, e cada uma é adequada a um tipo de material. No caso da utilização do concreto, a mais indicada é a banda segmentada, pois o corte é realizado com menos atrito, isso se deve ao seu formato segmentado com “dentes” que evita o contato contínuo.
Vale lembrar que, o seu uso prolongado pode desgastar os diamantes, e com o tempo o disco pode perder o fio. Para reverter isso, é só cortar materiais ou superfícies duras, tais como um bloco de cimento.
O rebolo tem um excelente desempenho em desbaste, podendo ser utilizado até mesmo em sarjetas, guias e escadas, sendo importante lembrar que, para a sua utilização, é obrigatório o uso dos equipamentos de proteção individual (EPI):

  • Máscara para evitar a inalação de partículas;
  • Avental de raspa;
  • Óculos de segurança;
  • Protetor auricular.

O rebolo diamantado para concreto, usado corretamente, é a solução para desbastar e fazer acabamentos em pisos irregulares.

O que fazer para furar a parede com diâmetros maiores, sem problemas?

Para fazer as aberturas para o seu encanamento ou furos com diâmetros mais largos em paredes, a ferramenta certa é a serra copo diamantada. Ela pode ser utilizada em qualquer furadeira, mas, obviamente terá um melhor desempenho se for utilizada em uma furadeira profissional. As diamantadas possuem dentes de diamante e podem ser utilizadas em materiais ou superfícies mais resistentes e abrasivas, como por exemplo, o concreto.
Porém, tudo possui certa vida útil. A serra copo não é diferente. Seus diamantes podem ficar desgastados, os dentes podem começar a sumir e o corpo pode apresentar queimaduras.
No caso da diamantada, há alguns cuidados que podem prevenir isso, tais como: verificar, sempre, se está com condições de uso antes de operá-la (se os dentes estão presentes, se não há queimaduras e se há camada de diamante); utilizar refrigeração durante a operação; não fazer muita força sobre ela; após o uso, limpar a serra copo diamantada corretamente, retirar os resíduos e armazená-la, sempre, limpa.
Lembre-se da utilização dos EPI’s !

Mãos à obra!

Com certeza, se você estiver atento a esses itens, sua obra vai ocorrer muito mais descomplicada e você vai se ver livre das marcas psicológicas e físicas de um processo de uma construção ou uma reforma.
Fique de olho nas dicas de conservação, procure os produtos que melhor se adéqua às suas necessidades, (note que alguns itens citados acima possuem variações de diâmetro, espessura e também podem ser utilizados de maneiras diversas, portanto escolha aquele que dará melhor desempenho à sua necessidade), contrate empresas ou operadores de confiança e, sempre, preste atenção às regras de manuseio para prevenir acidentes. Boa obra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *