Vantagens da iluminação natural

Vantagens da iluminação natural

Para poder aproveitar as vantagens que a iluminação natural proporciona, uma opção bem adequada é usar uma claraboia, pois será um diferencial na sua construção de imóvel.

A claraboia é um tipo de cobertura que se coloca no local e que permite a entrada de luz natural nos ambientes internos, possibilitando uma economia de energia, porque não requer ligar a luz artificial enquanto o dia está claro. Ela é recomenda para áreas internas e agrega valor também.

É uma cobertura muito versátil porque concede a possibilidade de ser instalada em qualquer local da casa, não tem nenhuma restrição de funcionalidade e tamanho, ele agrega alguns benefícios como, por exemplo:

  • Função decorativa;

  • Mais luz natural;

  • Mais circulação de ar no ambiente;

  • Redução do peso das estruturas;

É um equipamento que possui muita funcionalidade, ainda mais quando se trata de ventilação e iluminação natural (luz do sol) no local instalado e que não possa disponibilizar de janelas laterais e, ainda, traz economia de energia elétrica.

Entretanto, a claraboia também tem suas desvantagens, pois se por acaso tiver incidência de luz natural contínua poderá necessitar da utilização de cortinas adequadas para amenizar a iluminação.

Outros dois pontos que precisam ser checados também no momento da instalação é o calor e se atentar ao entorno do imóvel para verificar se o lugar onde a claraboia irá permanecer não deixa uma vista da casa em evidência. Sempre consulte um profissional para saber mais sobre esse item e seus benefícios.

Saiba mais sobre energia solar

Com a tecnologia cada vez mais avançada, há muitos meios de aproveitamento de energias renováveis como a energia solar preço baixo e a energia fotovoltaica.

A energia solar é uma energia produzida pelo sol que passa por um processo de conversão e gera uma energia útil para todos, tanto voltado para a produção de eletricidade ou de calor aplicado em algum aparelho (uma de suas principais aplicações).

O sol consegue produzir quatro milhões de vezes a mais de energia do que as pessoas consomem, ou seja, é uma fonte de energia ilimitada.

Somente um segundo o sol consegue produzir mais energia (de forma interna) do que toda energia utilizada pela humanidade desde o início dos tempos.

Somente 15% da energia enviada pelo sol é que atinge a terra e refletida de volta ao espaço. Os outros 30% são perdidos na evaporação da água a qual sobe à atmosfera que produz chuva.

A energia solar também é essencial e absorvida por plantas, pela terra e oceanos e, também, proporciona o equilíbrio energético do planeta, sendo emitida em forma de radiação térmica.

É uma energia totalmente gratuita e, ainda, consegue economizar energia elétrica, porém, a energia solar apresenta-se como uma forma disseminada e sua captação precisam de instalações complexas e dispendiosas.

Para o aproveitamento da energia solar tem benefícios a longo prazo, tornando uma grande resolução para alguns problemas energéticos que existem na sociedade.

Conheças as vantagens e desvantagens da energia solar

A energia solar agrega muitos benefícios, pois transforma os raios solares em energia, pois esse método não polui ao ser usado; a poluição derivada da fabricação dos aparelhos necessários à construção dos painéis solares é muito controlável usando as formas de controle corretamente.

Tem manutenção mínima e com a tecnologia sempre avançando, os painéis solares são mais potentes e o seu custo vem decaindo. Tornando a economia de energia solar mais viável.

A energia solar também é uma iluminação natural e excelentes para lugares distantes e de difícil acesso, pois sua instalação em pequena escala não obriga enormes investimentos nas linhas de transmissões.

No Brasil e em países tropicais, usar energia solar é possível e em praticamente todo território. Em centro de produção energética usar a energia solar reduz a busca energética e perda de energia que acontece na transmissão.

E suas desvantagens são as variações produzidas conforme a situação climática como chuva, por exemplo. E também durante o período da noite não há produção de energia, isso, obriga a ter meios de armazenamento da energia solar produzida durante o dia.

Locais em latitudes médias e altas como nos países Finlândia, Islândia, Nova Zelândia e Sul da Argentina e Chile, sofrem com quedas bruscas de produção por alguns meses.

No entanto, para armazenar essa energia solar são poucos eficientes ao se comparar aos combustíveis fósseis como carvão, petróleo, gás e a energia hidroelétrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *