As 1001 utilidades de um pallet

As 1001 utilidades de um pallet

Os mercados, galpões, armazéns, a indústria como um todo, tem uma grande dependência no uso de pallet para todas as mercadorias que se integram à logística.

Não apenas pelos pallets serem resistentes e terem uma grande durabilidade, mas pela facilidade que eles oferecem na movimentação e armazenagem.

Além de aperfeiçoamento que os paletes e os porta-paletes, oferecem para seu estoque na armazenagem vertical, podendo organizá-lo em muitos níveis sobrepostos.

O uso dos pallets em empresas favorece e muito, os equipamentos que fazem parte do dia a dia dos colaboradores na linha de produção.

Como as paleteiras, empilhadeiras e transpaleteiras, onde os garfos dela se encaixam perfeitamente entre a estrutura das madeiras inferiores e superiores e o tronco do pallet distribui uniformemente o peso em toda a extensão do pallet.

Conheça os modelos de pallets mais utilizados

Além da melhor utilização do espaço do estoque, os paletes oferecem segurança para sua empresa. Os retornáveis ou paletes PBR, contém, em seu tronco, a estrutura necessária para aguentar o peso máximo.

Tanto estático quanto em movimento, chegando a até 1,2 toneladas, em cada viagem ao estoque ou ao carregamento.

E até 2 toneladas na estrutura, onde se armazena a mercadoria ou o chamado “porta pallet” do estoque. Esses paletes também possuem descrições feitas por pirogravura.

Que contém a data de fabricação, permitindo maior controle da qualidade e segurança dentro de sua empresa. Pallet de metal, plástico, descartável e retornável, pallet EURO, PBR – existem tantos tipos quanto finalidades de uso:

Pallet de metal

O pallet de metal é mais usado em cargas de difícil mobilidade, sua estrutura se assemelha aos paletes convencionais.

Mas seu material é muito mais resistente e durável, do que um pallet convencional, podendo aguentar muito mais carga ou peso em sua viagem.

Pode ser constituído por três tipos de metais: o aço, o aço galvanizado (que recebe um revestimento de zinco, onde adquire mais resistência à oxidação e ferrugem).

E o aço inoxidável, que normalmente é o mais caro. Ele pode ser limpo mais facilmente e é indicado para lugares onde a esterilização é fundamental.

Pallet de madeira

Os pallets de madeiras geram um custo-benefício alto, por poder ser 100% reciclável. Além destes, há outro tipo que participa no processo de reciclagem.

E pode trazer vantagens ambientais, já que seu material pode vir de embalagens de garrafas PET, os pallets de plásticos não favorecem a proliferação de fungos e bactérias.

E sua data de validade pode se estender por mais tempo do que os demais materiais, promovendo mais tempo de uso.

Descartável

Os pallets descartáveis são usados uma vez. É comum o uso de materiais menos duráveis do que a madeira, como o papelão, mas mesmo utilizando papéis recicláveis, o palete de papelão suporta 800kg, tornando-se econômico e sustentável.

Retornável

Pallets retornáveis, como o próprio nome sugere, são estocados e mandados de volta para a utilização em outros carregamentos, pode-se incluir o pallet PBR pela sua longa durabilidade.

Pallet PBR

O Pallet PBR surgiu em 1990 e possui sua medida padrão de 1.000 mm x 1.200 mm pelo comitê permanente de paletização.

Possui a data de fabricação entalhada com fogo e pode chegar a ter 15 anos de utilização, dependendo da forma de conservação.

Pallet EURO

O Euro pallet, possui uma estrutura padronizada de 800×1.200mm e é usado na importação para a Europa, onde os compradores especificam a acomodação da carga neste tipo de pallet.

O pallet pode ser utilizado para diversas finalidades

Há muito mais modelos de pallets no mercado, onde seu emprego e finalidade determinarão o material e o formato no qual será feito.

Na indústria laboratorial, são mais usados materiais fáceis de limpar, como o metal e plástico, onde a proliferação de bactérias é quase nula.

Já em residências o uso de pallets de superfícies fechadas, é mais comum para a criação de decks e móveis como, por exemplo, uma mesa de palete.

Atualmente, vemos a utilização de pallets em muitos projetos técnicos de arquitetura, por ser muito versátil e resistente. Esse  produto caiu no gosto popular, despertando o decorador de ambiente dentro de todos.

Durante muito tempo, o pallet era de uso exclusivo das indústrias e empresas de transporte e armazenamento, mas nessa última década ele ganhou aceitação no uso de decoração e elaboração de móveis.

Por ter o custo consideravelmente mais barato, do que um móvel planejado. E por ser forte, resistente e durável, está cada vez mais presente nos lares e em empresas do Brasil.

A indústria do “faça você mesmo”, onde as pessoas dispensam a contratação de um profissional e, através de tutoriais online ou pela intuição, transformam os mais diversos tipos de pallets, em artigos que facilitam a vida doméstica.

Como por exemplo, a transformação de uma caixa pallet em uma jardineira ou para o plantio de verdura ou legumes, também está em alta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *