Sistemas que envolvem a água na construção civil

Sistemas que envolvem a água na construção civil

Sistemas de racionalização, tratamento e preservação da água são muito importantes na construção civil. Antes mesmo de uma obra ser iniciada, a elaboração de um Projeto de drenagem de águas pluviais é uma medida necessária para evitar alagamentos, inundações e direcionar a água da chuva de forma mais inteligente.

Esses sistemas são muito importante para obras mais complexas, como as vias públicas e áreas urbanas, mas também faz a diferença no planejamento das obras que origem residencial ou comercial.

Afinal de contas, o processo de drenagem serve justamente para equilibrar a água que vem do subsolo ou escoa dos terraços e traz algum dano às obras ou desconforto para as pessoas.

Além desse sistema, a utilização da água na construção civil envolve uma série de processos, seja na parte do tratamento, reutilização ou armazenamento. Quer saber sobre a importância desses projetos na prática? Continue lendo e saiba mais detalhes!

Projeto de drenagem de águas pluviais: o que é e para que serve

Analisar as condições do solo é o primeiro passo para iniciar uma construção bem sucedida. Neste cenário, é válido reforçar a importância de um Projeto de drenagem de águas pluviais.

Na prática, esse processo é fruto de um conjunto de medidas que servem para conhecer as características do solo e dos rios que rondam uma construção e drenar a água, de modo que o solo esteja preparado para receber uma intervenção.

Geralmente esse é um projeto elaborado por engenheiros, e basicamente, a drenagem serve para criar redes que escoam a água da chuva e dos rios de forma que o excesso dessa água não se transforme em inundação ou outro problema urbano.

O dreno pode ser feito com fossos, túneis, canais e valas e esse projeto é importante não só para evitar problemas pelo excesso de água, mas também pode ser usado de forma estratégica para as seguintes finalidades:

  • Tornar o solo mais produtivo para o cultivo de alimentos;
  • Reduzir os danos da chuva ao meio ambiente;
  • Reduzir a erosão do solo;
  • Eliminar a presença de água parada ou enlamaçada.

Para compor um processo efetivo nessa área, existem algumas peças que são indispensáveis. Os bueiros, por exemplo, servem para a captação da água e antes dela chegar à essa estrutura, a presença de uma sarjeta é necessária.

As galerias urbanas também fazem parte do sistema, pois são responsáveis pela condução da água até os poços de visita e os reservatórios que armazenam a substância a fim de reduzir o risco de alagamento.

Quando se fala em um sistema de drenagem da água, é importante saber que existem duas variações principais para esse tipo de projeto.

A primeira se chama microdrenagem e faz referência à coleta de água da chuva ou do subsolo com o apoio de galerias pequenas. Já a segunda é a macrodrenagem e além de galerias maiores, inclui rios e canais de água.

Sistemas de tratamento da água

Além da construção civil, a água é uma substância essencial nas operações industriais. Seja para lavagem ou outras funções, é comum que a água se transforme em um efluente industrial quando não tratada.

Mas, graças à tecnologia e aos equipamentos industriais, existem soluções que otimizam o uso, tratamento e reutilização da água nesse cenário.

O Enchimento para torre de resfriamento é um sistema que serve para tratar a água com produtos químicos em uma torre por meio do resfriamento até que ela possa ser reutilizada.

A técnica é muito incorporada em ambientes como as refinarias de petróleo, estações de energia, usinas de açúcar e álcool e indústria química.

Há dois tipos de Enchimento para torre de resfriamento. O primeiro se chama respingo e serve para misturar a água com ar corrente. O segundo é conhecido como ‘filme’ e serve para espalhar a água nas áreas até o enchimento total da torre.

Para evitar a perda de água nas torres de resfriamento é que existem dispositivos como o Eliminador de gotas torre de resfriamento, basicamente esse dispositivo serve para reter as gotículas de água e reduz sensivelmente parte das substâncias.

Quando as gotículas chegam no eliminador, elas se unem e ficam mas pesadas até que são direcionadas para o fundo da torre e por fim, acabam sendo reaproveitadas no processo industrial.

Ou seja, as torres de resfriamento e o eliminador de gotas formam um sistema que traz economia de agua para a indústria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *