Tudo o que precisa saber sobre a segurança de prédios

Tudo o que precisa saber sobre a segurança de prédios

Não é atoa que a frase “segurança em primeiro lugar” é altamente conhecida, estar – e manter – um local seguro é um processo, às vezes, trabalhoso, porque requer muita atenção a detalhes e informações variadas.

Em prédios então esse trabalho se torna ainda mais árduo, o montante de detalhes para analisar e opções para implementar é gigantesco.

Esse artigo simplificará e trará informações para você melhorar a segurança do seu prédio e também beneficiar os seus colaboradores com um local de trabalho mais adequado, melhor sinalizado e que pense no bem-estar geral.

Proteção contra incêndios

Uma preocupação prioritária na hora de analisar a segurança de um prédio é o risco de incêndios.

O mais básico – mas não menos importante – é o uso correto de extintores para garantir a inibição de qualquer chama que venha trazer risco ao ambiente, a função do extintor é exatamente extinguir os princípios de incêndios, normalmente é um cilindro (que fica de fácil acesso) e é carregado até a fonte do fogo.

Deve sempre ser descarregado com o cilindro na posição vertical e com foco no centro de toda a chama. Os tipos mais encontrados no mercado são:

  • Extintor com carga de água;

  • Extintor com carga de espuma mecânica;

  • Extintor com carga de dióxido de carbono (CO2);

  • Extintor com carga de pó químico.

Sendo os de água e de pó químico os mais usados. Por se tratar de um aparelho básico, fique sabendo que extintor de incêndio preço é acessível e recomendado que possua várias unidades espalhadas pelo local.

Auto dos bombeiros

Para garantir a segurança em prédios comerciais e todos os tipos de estruturas que tenham um alto tráfego de pessoas foi criado um conjunto de normas, especificações estruturais e medidas que, quando juntas, garantem um nível de prevenção alto contra incêndios e no controle de pânico.

Trata-se do laudo conhecido como avcb (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) previsto na legislação para prédios, principalmente comerciais), é obrigatório a aprovação neste laudo para poder cumprir as suas funções.

Não só por uma questão legal, mas pensando em proteger os colaboradores, é importante se atentar corretamente ao Projeto de Segurança Contra Incêndio do laudo avcb.

Itens para segurança

Saindo um pouco da questão de vistoria, vamos falar de alguns itens que, com certeza, auxiliarão a manter a segurança do prédio.

Sinalização

Uma das formas mais eficientes de manter o controle na hora do pânico é com uma boa sinalização, informando onde ficam as saídas de emergência, mangueiras de água, escadas, elevadores, etc. Para isso é altamente recomendado o uso de sinalização fotoluminescente.

Essas placas devem ficar sempre em locais visíveis e por conta da carga que recebem, apresentam uma característica que auxilia durante apagões: um brilho luminoso no escuro. Fazendo com que a orientação de pessoas seja muito mais eficiente.

Roupas

Dependendo do ramo de atuação dos colaboradores no prédio, é recomendado o uso de bota epi que garantem segurança em variados tipos de ambientes.

Em certos prédios, por conta da sua área de comércio, é constante a circulação de máquinas médias e, em alguns, casos até pesados, então usar determinadas roupas podem ajudar e prevenir acidentes que em muitos casos levam a afastamento do colaborador.

Uma coisa coisa que é importante destacar são as luvas, principalmente as de malha de aço, que oferecem resistência e proteção a um número muito grande de objetos cortantes.

Normalmente usada na indústria agrícola para a manutenção de plantações e equipamentos, mas que ultimamente está presente como material de segurança em muitas empresas. Já fica a dica que a Luva malha de aço preço segue o valor de mercado estando a um preço acessível.

Além de tudo isso, é necessário se atentar a materiais de segurança de qualidade, saídas posicionadas de forma inteligente e pessoal treinado no local que, na maior parte dos casos, é a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) que é prevista em legislação e constituída por uma comissão de funcionários e trabalhadores indicados pelo empregador e por alguns membros eleitos pelos colaboradores.

A CIPA deve ser constituída por gente preparada e disposta, afinal é um elemento chave na prevenção. Também é preciso se manter atento a EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e aos produtos de PCI (Proteção Contra Incêndio).

Lembrando que dar atenção especial ao quesito de segurança entrega para os funcionários um valor a mais, um diferencial de mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *