Tudo sobre o processo de construção

Tudo sobre o processo de construção

O processo de construção de residências é composto de várias etapas, que incluem terreno, estruturas, sondagens, projeto arquitetônico e compra de materiais.

Quando uma estrutura chega em perfeito estado para utilização, começam os processos decorativos de pintura, revestimentos, limpeza e compra de móveis. Enfim, construir residências é um caminho longo que possui pausas necessárias para cada segmento.

Processos importantes na construção de casas

Pode-se dizer que a construção de casas passa por 4 fases muito importantes: estrutura, responsável pela sustentação e estabilidade da construção; alvenaria, conjunto de blocos, pedras e tijolos que formam paredes, muros e alicerces; cobertura, responsável pela proteção e conforto termoacústico da obra; e acabamento, fase final da obra, quando são colocados revestimentos, forros, louças, metais, e é feita a pintura.

Além disso, existem fatores de grande importância:

  1. Vigas: Acima dos pilares estão as vigas, em posição horizontal. Elas são responsáveis por transferir o peso da laje e de outros elementos para os pilares, estruturando a obra como um todo;
  2. Pilar: Chamado de pilar quando possui forma quadrada ou retangular, e de coluna quando a forma é cilíndrica. O pilar transmite as cargas das vigas e lajes às fundações;
  3. Lajes: Responsável por transmitir as ações de peso e pressão para as vigas, e destas para os pilares;
  4. Materiais para a estrutura da casa: cimento, argamassa, blocos de concreto, areia, brita, formas de madeiras, vergalhões, pregos, escoras, entre outros;
  5. Fundação: Responsável por transmitir as cargas da construção ao solo, é projetada levando em consideração a carga que irá receber e o tipo de solo onde será construída.

As fases das casas e os materiais de construção civil

Toda obra precisa ter estabilidade, por isso as estruturas fazem parte de um processo fundamental na construção.

A combinação de elementos que assegurem a residência precisa ser feito por profissionais engenheiros ou arquitetos.

Assim, os materiais corretos serão escolhidos, garantindo que todos os esforços produzidos pelo próprio peso da obra, seus ocupantes, ventos e outras sobrecargas, sejam suportados.

O processo de construção varia mediante a alguns materiais como alvenaria, cobertura, acabamento e pintura residencial.

Existem duas formas de alvenaria, conhecidas como convencional e estrutural. A alvenaria convencional trata-se de um procedimento feito com material de concreto armado, visando a construção de paredes para separar os ambientes com vedação, além de fechar vigas, pilares ou vãos.

Quando a construção das paredes é feita, as instalações da parte elétrica e hidráulica podem ser realizadas.

Na alvenaria estrutural, o material é utilizado como própria estrutura. Isso quer dizer que não será necessário utilizar ferros ou aços, pois a própria alvenaria com tijolo ou concreto realizam o trabalho perfeitamente. Esse processo de construção envolve diversos materiais que servem de alvenaria:

  • Cimento;
  • Areia
  • Blocos de concreto ou tijolos;
  • Tubos de PVC
  • Argamassa para chapisco, emboço ou reboco.

Etapas e materiais

Esse modelo é indicado, preferencialmente, para o uso de bloco de concreto, pois ele permite a coordenação modular da construção, com as peças encaixadas de forma alternada, instalando simultaneamente os sistemas hidráulico e elétrico.

Nessa etapa talvez seja necessário contar com o aluguel de maquinários de construção, como é o caso do Aluguel de martelete.

Outra fase muito importante é a função de proteção superior sob edificações de águas da chuva, assim como energias renováveis, como o vento e o sol.

Por isso, para a construção podem ser utilizados materiais que trabalham a parte térmica e também acústica da residência:

  • Pedras minerais;
  • Vidro;
  • Sapé;
  • Madeira;
  • Concreto.

O mais utilizado na construção civil é o telhado, conhecido por ser uma estrutura de apoio de madeira ou metal, revestido com calhas e rufos, que podem ser de concreto, cerâmica, fibrocimento, alumínio, chapa galvanizada, entre outros.

Após tudo isso, a fase de acabamento é muito importante, pois reúne a realização de diversos serviços que envolvem assentamento de revestimentos de pisos, paredes, passagem de fiação e finalização das instalações elétricas além de finalizações gerais de telha sanduiche ou decoração interna e externa.

Essa é considerada a fase de maior investimento, pois precisa do auxílio de diversos profissionais, como pintor, eletricista e encanador.

É evidente que as construções envolvem várias etapas, que precisam ser elaboradas com cuidado e profissionalismo. Por isso, é recomendável contar com empresas de construção civil, que dispõem de equipes especializadas, seja para realizar serviços estruturais ou de telha pré pintada.

Em paralelo, todo o acompanhamento com um engenheiro ou arquiteto, vai assegurar que todos os procedimentos importantes serão realizados.

Assim, restam os investimentos finais, assim como a realização de manutenções preventivas, para assegurar que tudo pode ser utilizado com tranquilidade.

Nas considerações finais, recomenda-se instalações e manutenção importantes em aparelhos, como a realização de Limpeza de ar condicionado de janela e teste de móveis novos.

Depois disso, cabe aos moradores as tomadas de decisão à respeito das decorações finais. Assim, basta desfrutar da nova residência com funcionalidade e ótima estética.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *