A importância da manutenção das áreas externas da residência

A importância da manutenção das áreas externas da residência

Para que as casas durem durante mais tempo e permaneçam seguras, é preciso que haja manutenção em diversas partes. Tanto a área interna quanto a área externa devem passar por análises frequentes e cuidados.

Por conta disso, abordaremos três espaços da área externa que precisam passar por manutenção periódica para garantir a qualidade de vida de quem mora no local.

1. Portão automatizado

Instalar portão e porta de aço automatizada é uma forma muito eficaz de manter a segurança de uma casa. Isso diminui o tempo de exposição do morador ao lado de fora e, além disso, é uma forma um pouco mais confortável de entrar e sair da moradia.

Entretanto, para que o portão continue funcionando de forma correta, é preciso que haja manutenção preventiva periodicamente.

O primeiro motivo de manutenção é o reforço da segurança para o local. Sem isso, é muito mais fácil que o aparelho apresente defeitos e acabe deixando os moradores na mão.

Como o portão é usado inúmeras vezes, é muito comum que ele acabe se desgastando. Por isso, a manutenção preventiva é tão importante.

Assim, a manutenção é feita de diversos cuidados para evitar a manutenção corretiva, que é realizada quando algo já deu errado.

O ideal é que isso aconteça pelo menos uma vez ao ano. Assim, será possível analisar e, quem sabe, trocar determinadas peças que estejam desgastadas.

Outra forma de prevenir problemas em portões eletrônicos é a limpeza do local. Isso porque a sujeira acumulada prejudica o funcionamento correto das peças e, dessa forma, ele acaba tendo mais problemas.

2. Caixa de água

A caixa dágua fibra é outro ponto muito fundamental que é instalada na área externa de uma residência.

Sua função é armazenar a água potável tratada, que vem do sistema de abastecimento da cidade. Por conta disso, a importância de cuidar, realizar manutenção e limpeza desse local é notória.

Algumas dicas para manter a caixa limpa e adequada são:

  • Manter a tampa fechada;
  • Limpar frequentemente o reservatório (pelo menos a cada 6 meses);
  • Evitar contato sem roupas e luvas adequadas;
  • Faça a impermeabilização para evitar vazamento;

Para realizar a limpeza, é necessário esvaziar a caixa e fechar o registro. Com as luvas e botas adequadas, esfregue o reservatório com panos, sem utilizar nenhum produto de limpeza.

Deixe encher de água novamente e coloque um litro de água sanitária. Deixe o líquido lá dentro por duas horas. Esvazie, lave a tampa e deixe encher de água novamente.

Isso fará com que a caixa tenha mais qualidade e o líquido armazenado nela continue potável e tratado.

3. Fachada

A fachada de casas é um local muito importante para a aparência da moradia. Ela é como o cartão de visita de uma residência e, para a maioria das pessoas, precisa estar sempre bem cuidada. É por conta disso que a manutenção ou a reforma de fachada é sempre tão comum.

Mas não é só capricho. No caso de prédios, cuidar da fachada é uma obrigação legal. De acordo com o código civil, os síndicos têm a obrigação de manter as fachadas arrumadas, para evitar problemas aos moradores.

No caso de casas, isso não é obrigatório. Entretanto, também acaba evitando problemas. Trincas, fissuras e rachaduras precisam ser ajustadas.

Para evitar esse tipo de problema, é preciso realizar a manutenção preventiva, com limpezas, pinturas e análise da textura de parede.

Inclusive, as características como manchas e fissuras podem indicar problemas estruturais da casa, que podem piorar se não forem ajustados rapidamente.

Infiltrações também podem acontecer e, para evitar esse tipo de problema, é necessário aplicar impermeabilizantes nas paredes durante a construção ou reforma.

Procurar compreender o que causou qualquer dano desses (sejam trincas ou infiltrações) é o primeiro passo para realizar uma manutenção correta e evitar novos problemas.

As manutenções de qualquer área de uma residência, seja ela interna ou externa, são fundamentais. Não apenas pelo bem-estar que isso causa, mas, principalmente, pela segurança que isso proporciona.

Com os cuidados em dia, os moradores estarão mais seguros contra diversos problemas que podem envolver desde violência até estragos mais sérios em relação à estrutura da casa.

Além disso, investir em manutenção também é uma forma de economizar dinheiro com correções de problemas mais graves e difíceis de resolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *